Pensamentos

Porta de colégio

tumblr_mej33yWGfO1rjdshto1_r3_1280_large
Tudo novo. Escola nova. Um sentimento de medo chega sem pedir licença. Mas logo vejo meus amigos, meus velhos e conhecidos amigos, e não me sinto mais sozinha. Um pensamento invade minha mente: Agora o cuidado é dobrado. É incrível como a mudança nos faz ficarmos comparando tudo. Cada detalhe. Nada passa por desapercebido. Será que vou me dar bem? Será que esse ano vai ser melhor?

Pessoas que nem nunca vimos ou conhecemos, sentam ao nosso lado. Riem, se abraçam e saem por aí. Tudo está uma bagunça, como se as pessoas esquecessem que aquele é o lugar aonde elas vão todos os dias. Me sento, e a professora entra. Todo mundo se apresentado, e agora? A vontade de se esconder é maior do que você próprio. Está chegando minha vez, e então a professora pergunta: E você aí, mocinha de óculos, qual é seu nome?

 

Beijos, Mariana.


Tudo que eu queria te dizer

Você já disse “EU TE AMO” pra alguém hoje? Já deu o abraço que sempre sonhou em dar à aquela pessoa que vive suspirando, mas não teve coragem? Já sorriu, brincou e ficou com dor de barriga de tanto rir? Já tomou coragem e chegou para aquele carinha da sua escola que você sempre fica olhando e imaginando como seria se vocês dois namorassem? Se você respondeu que não, ainda não acabou o dia.

Grite “EU TE AMO” para a pessoa amada, dê um abraço em todos que tiver vontade, chore e role de tanto rir. Não deixei aquela pessoa ir embora, diga pra ficar, diga: eu preciso de você! Se sentir saudade de alguém, não deixe pra lá, vá atrás, não precisa dizer nada, só dê um abraço. Chore junto com aquela pessoa que esta passando por momentos difíceis e diga que tudo vai ficar bem, pois você vai fazê-la se sentir bem.
Não deixe que a vergonha atrapalhe de você chegar no carinha lindo da sua escola. Passe horas no telefone e não se lembre da conta pra pagar. Leia quantos livros quiser, tire muitas fotos, e escreva um diário. Diga o que sente por aquele amigo que é bem mais que amigo. Mande cartinhas, recadinhos… se importe.  Afinal, tudo isso, não queima ou fere, não ranca ou tira pedaço.

Aproveite cada segundo de seu tempo, faça loucuras. Ame intensamente, ria descontroladamente, pra que depois você não venha a olhar para trás e dizer: Eu poderia ter feito diferente! Nós não sabemos o que o amanhã nos reserva. E se um dia você acordar e perceber que tudo aquilo que você não fez, não poderá fazer nunca mais? Que nunca mais vai receber aquela mensagem no meio da madrugada, que nunca mais vai dar aquele abraço, que nunca mais poderá dizer: Eu te amo!

Faça o que tiver que fazer. Ame quem tiver que amar, e não ligue para o que os outros vão pensar.
E como a própria música já diz: “É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã.”


Liberte a criança que há em você!

12… Ah 12 de outubro. Por que não podemos parar no tempo e continuarmos ser sempre crianças? Sem preocupações, sem amores não-correspondidos, sem dor de cabeça e tudo que nos obriga a crescer. Ser criança não é apenas ser pequena e ter seus 7 anos de idade, é ter um espírito jovem, ser sincero, achar graça em tudo. É ver o mundo com outros olhos, como uma eterna brincadeira, sem ter hora pra voltar para casa. Ter ingenuidade, ter fé.

Como ontem não tive tempo de postar, pois em pleno dia das crianças, eu trabalhei. Mas não para mim. Para elas!
E como vi em outros blogs, queria deixar algumas de muitas lembranças minhas, para todos verem! Feliz dia das Crianças (atrasado) rsrs.

Como era bom abrir tantos presentes!

Essa não tem como não rir, haha !

Minha preferida <3

Como eu A-M-A-V-A tomar banho no tanque. (esquisita)

Apresentado meu lindo e fofinho passado, digo-lhes: Liberte a criança que há em você!

Beijos, Mariana.


O que está acontecendo comigo?



Me dá vontade de desistir, de jogar tudo para o ar. Será que você vale a pena? Será que vale a pena tudo que estou fazendo? Estou me esforçando, mas é muito difícil se você não ajuda. Fica tudo mais complicado. Acho que o velho ditado “Quando um não quer, dois não brigam” tinha que ser mudado para “Quando um não quer, dois não se beijam”. Fico me perguntando. Me respondendo, mas queria só que você percebesse e tomasse uma atitude sobre isso. É tão difícil assim? Tão difícil? No final de tudo eu vou aprender algo com isso. Mas e você? Você vai? Acho que não. Acho que o medo atrapalha tudo, medo de que vou pensar, medo do que vou falar, medo de ser você, medo de ser feliz. Pode você ter medo de ser quem tu és? De ser feliz? De achar que ninguém irá gostar do jeito que TU és? Medo de perder sem ao menos ter? Tantas perguntas sem respostas. Mas do jeito que tá, vão continuar sem.

Mariana Gomes